ATENÇÃO: as informações deste site não substituem a consulta ao médico.


© 2016 - Nucletec Brasil Ind e Com Ltda (saiba sobre nós)

Pipi-Stop é Marca Registrada pertencente à Nucletec Brasil Ind. e Com. Ltda.

Loja do Pipi-Stop

Abaixo de cada título, encontram-se algumas referências que o artigo faz ao uso do alarme urinário. Clique no título do artigo para vê-lo completo. Estes conteúdos não substituem a consulta médica.

Enfoque Para os Pais - Enurese -  Meu Filho Adolescente Ainda Faz Xixi na Cama. Que Devo Fazer?

A perda involuntária de urina durante o sono, denominada Enurese Noturna, ocorre em mais de 15% das crianças aos 5 anos de idade. A partir desta idade ocorrem um índice de resolução espontânea de aproximadamente 15% por ano. Na adolescência 2 a 5% permanecem enuréticos, causando sérios problemas familiares, sociais e de auto- estima para a o jovem. É importante conhecermos as respostas para as dúvidas mais frequentes sobre o assunto.

"Alarm therapy offers the possibility of sustained improvement of enuresis and should be considered for every patient. Alarm therapy is reported to improve bedwetting by increasing nocturnal bladder capacity or by enhanced arousal. Alarm therapy does not reduce nocturnal urine output. Some successfully treated children replace enuresis with nocturia, and others sleep dry without the need to void at night. Some improve within the first 2 weeks of treatment and others only after several months. The volume of enuretic urine may diminish progressively until dryness is achieved, or the improvement can be more sudden. Analysis of 25 reported studies suggests an average success rate of 68%."

Enuresis

(...) Durante a noite a criança usa um sensor próximo ao pênis ou à vulva, que é sensível às primeiras gotas de urina, e dispara um alarme sonoro fixo no pijama, próximo do ombro, para acorda-la. Ela levanta, vai ao banheiro e urina. Após um período de 2 a 6 meses, criou-se um condicionamento pelo qual a criança não precisa mais do sensor para saber que ao sentir a bexiga distendida, cheia, é hora de urinar. É o tratamento de escolha do Prof. Rama Jayanthi, pelo alto nível de sucesso, e ausência de efeitos colaterais.

Doutor, meu filho ainda faz xixi na cama!!!

Regina, mãe de Guilherme, de 5 anos, (nomes fictícios), é prova da importância do apoio familiar no tratamento. Ela relutou em usar o alarme em seu filho, porque não tinha certeza sobre a sua eficácia. Mesmo assim o adotou. (...)Resultado: em pouco tempo de uso, Guilherme havia superado a enurese noturna. (extraído da Revista Viva Saude, Ed. 39, jan de 2007 - Acesso em jun/2010).

Xiiiii....fiz xixi de novo!  

"Alarmes: São a forma de tratamento mais eficaz sendo utilizados há vários anos principalmente em países europeus. (...) O seu mecanismo de ação baseia-se na criação de um reflexo condicionado a um estímulo sonoro (...). Com o passar do tempo (...) a criança associa a sensação de bexiga cheia à (eminente) ativação do alarme e passa a acordar antes de molhar a cama. Passado algum tempo deixa de acordar e aguenta toda a noite sem molhar a cama porque a bexiga vai conseguindo acomodar a urina."  (Continencecenter - o link dá acesso ao artigo no histórico da web - a página original foi acessada por último em dez/2009).

ENURESE

"A primeira descrição do pipi-stop na sua forma atual data de 1904, quando um médico alemão imaginou um leito equipado por um coldrão indicador para assinalar às enfermeiras que a criança acabava de molhar a cama. (...) Pfaundler observou que após um mês, este método tinha às vezes consequências terapêuticas nas crianças enuréticas. A idéia foi retomada cerca de trinta anos mais tarde. (...)"

História da Enurese

Clique sobre o título do artigo para ver o conteúdo completo.

(..)

Outro recurso terapêutico é o uso de alarmes. Eles funcionam da seguinte maneira: à noite,  colocam-se um sensor próximo aos genitais e um alarme sonoro preso na roupa na altura do ombro. Ao primeiro sinal de perda de urina, o alarme dispara, a criança acorda e vai ao banheiro fazer xixi. Além dos bons resultados que oferece, a vantagem desse aparelho é que está isento de contraindicações e de efeitos colaterais.

ENURESE NOTURNA - XIXI NA CAMA

Guia de atualização terapêutica

Tratamento da enurese noturna na infância

(...)

Alarme

Baseado em estudos recentes da Sociedade Internacional de Continência em Crianças, o uso do alarme urinário parece ser a modalidade mais eficiente de tratamento da enurese noturna, com nível de evidência médica 1, atingindo até 79% de sucesso. (…)

"(..), o uso de alarme - um sensor colocado próximo aos genitais que dispara um alarme quando detecta as primeiras gotas de urina - tem sido de grande ajuda no tratamento.(...)

Para Sauer, é fundamental que os pais de crianças e adolescentes com enurese se convençam de que o problema tem grandes chances de cura e não é provocado por "preguiça" do filho de ir ao banheiro. (...)" Extraído da Folha OnLine, disponível em jul/2004

Xixi na Cama afeta até 5% dos jovens

(…)

13.- Quais os tratamentos utilizados?

Os mais difundidos atualmente são: -. mudança de hábitos: beber menos líquidos no período noturno; esvaziar a bexiga antes de se deitas; abolir o uso de faldas para desacostumar a criança ao conforto de urinar na cama; não despertar a criança durante a madrugada para urinar, a fim de que aprenda a acordar sozinha quando precisar urinar. -. adoção de comportamentos motivadores: comemorar cada noite sem xixi na cama. -. medicamentos: prescritos pelo médico, aumentam a ação antidiurética da vasopressina, evitando a perda de urina durante a noite. -. condicionamento por alarme: ao detectar as primeiras gotas de urina na roupa da criança, o alarme toca e ela acorda, podendo terminar sua micção no banheiro.​​

Xixi na cama: só 10% têm causa emocional

(...) Although many approaches to treating enuresis have included behavioral modification, by far the most effective have been the use of "conditioning" alarm units. The alarm unit is designed to awaken the child when he/she begins to wet. The small units are self-contained and are worn on the shoulder or the wrist and activated by a small electrode sewn or attached directly onto thechild's underclothing. (...) It must be emphasized that this is truly family therapy and the parents must be willing to accept the responsibility of supervising theconditional therapy. When rigidly adhered to, as many as 80% of the children will ultimately demonstrate improved nighttime urinary control, although it may take 6-8 months to be effective. (...)

Nocturnal Enuresis

Bedwetting is quite common in school-age children: they can’t control it, and most grow out of it. In the meantime, there are things you can do to help your child feel better about this issue.

Bedwetting

(…) Therapeutic trials of the alarm system should be continued for three to four months. It may take up to one to two months to see an improvement. Often, the initial improvement is a decrease in urine output rather than a totally dry night. Use of the alarm system is continued until there have been 14 consecutive dry nights."

Management of primary nocturnal enuresis